Ir direto para menu de acessibilidade.

Menu

Visita assistida

Para solicitar a visita assistida – modalidade utilizada para visitantes que, por motivo de saúde, não conseguem realizar a visita social aos finais de semana -, antes de realizar o cadastro, o cidadão precisa agendar entrevista com uma assistente social no local que atende a unidade desejada. No dia agendado, o cidadão deve comparecer, presencialmente, no local que atende a unidade desejada, portando a documentação necessária - listada abaixo.   

Após a efetivação do cadastro, o cidadão deve retornar ao posto em que foi atendido inicialmente, no prazo de oito dias úteis (informado no protocolo entregue pelo atendente), quando fará o credenciamento, efetuando o registro fotográfico e biométrico.   

O solicitante receberá uma credencial com validade de 365 dias. A renovação deve ser feita 30 dias antes do vencimento.   

 

Locais de atendimento

Unidades de Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano e Ribeirão das Neves

Os familiares dos detentos que estão em algumas unidades prisionais de Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano e  Ribeirão das Neves, devem agendar entrevista com uma assistente social do Núcleo de Assistência às Famílias (NAF), presencialmente, por e-mail ou por telefone, portando a documentação necessária. Posteriormente, o cadastro e o credenciamento também devem ser feitos no NAF.  O Núcleo funciona como um espaço para prestação de atendimento, serviços e informações aos familiares dos detentos do sistema prisional mineiro.  

Atualmente o NAF atende familiares dos detentos do Complexo Penitenciário Nelson Hungria (CPNH), em Contagem, do Presídio de Vespasiano e Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade (CRGPL), em Vespasiano, da Penitenciária José Maria Alkimin (PJMA) e do Presídio Feminino José Abranches Gonçalves (PRJAG), em Ribeirão das Neves, e do Complexo Penitenciário Feminino Estévão Pinto (Piep), em Belo Horizonte e Centro de Remanejamento Prisional (CERESP) da Gameleira, em Belo Horizonte.  

NAF - UAI Praça Sete - Avenida Amazonas - BH, 478 - 2º piso - Centro - Tel.: (31) 3272 0108 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..b

 

Betim, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha

Os familiares dos detentos que estão em unidade prisionais de Betim, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha devem fazer o agendamento prévio com uma assistente social nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI’s) das respectivas regiões, portando a documentação necessária.  

A UAI Betim atende o Ceresp Betim, Ceresp Contagem, Bicas I, Bicas II, Jason Albergaria, Presído de Ibirité, Presídio de Brumadinho e Presídio de Juatuba.   

Posteriormente, o cadastro e o credenciamento também devem ser feitos nas respectivas UAI’s.

 

Outros municípios do estado

Os familiares dos detentos que estão em unidade prisionais de outros municípios que não foram citados, devem entrar em contato com a unidade prisional desejada para fazer o agendamento prévio com uma assistente social, portando a documentação necessária.  

Posteriormente, o cadastro e o credenciamento também devem ser feitos nas unidades prisionais das respectivas regiões.

*Valor Gratuito.

 *Documentos necessários 

 - Original e xerox do documento de identificação oficial com foto (ex. carteira de identidade ou carteira de motorista ou carteira de trabalho ou passaporte); 

- Original e xerox do comprovante de endereço (água ou luz ou telefone fixo) sendo a data de vencimento não inferior a 03 meses em nome do visitante ou parente comprovando grau do parentesco. 

- Original das Certidões Criminais recente da Polícia Civil do estado onde foi emitido a carteira de identidade constante no documento de identificação e Polícia Federal (UAI ou pelo site www.dpf.gov.br) 

- Original e xerox da Certidão de Casamento ou original e xerox da Escritura Pública de União Estável lavrada em cartório para cadastro de cônjuge ou companheira (o). 

- Original e xerox da certidão de nascimento ou carteira de identidade para os menores de 18 anos (legível); 

- Original e cópia da certidão de guarda do(s) menor(es) filhos do preso e inimputáveis nos casos de tutela ou curatela. Não sendo responsável legal, só entrará na unidade prisional mediante autorização do Juiz da Infância e Juventude.  Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor. 

- Para cadastro de Tios, primos, avós, filhos e etc...é necessário comprovar parentesco com o preso via documentação. 

- Visitante gestante deverá apresentar original e xerox dos seguintes documentos: exame de sangue Beta HCG e Cartão de Gestante assinado e carimbado pelo médico(a) ou enfermeiro(a).

* Somente serão aceitos os laudos com emissão de, no máximo, 30 dias. 

 

Documentos necessários para o credenciamento de visita assistida:

No credenciamento, o cidadão precisa apresentar apenas o documento de identificação e o protocolo de retorno.

UAIS orientam sobre cadastro de visitas a detentos, clique aqui.

 

Compartilhar notícia

  • ícone de compartilhamento